Divas dos anos 40 - Rita Hayworth

|
Com o carnaval no meio do caminho as postagens do blog ficaram espaçadas a um dia sim e outro não. Não é para menos, chegando quase todos os dias depois da uma da manhã e saindo o dia todo... Além de um grande acontecimento aqui em casa, que foi o niver de quatro anos da minha pimentinha Maitê, own!

Deixando as explicações de lado, pretendo fechar essa semana com as postagens dos anos 40 e na semana que vem começamos os anos 50, uma das minhas décadas favoritas. Enquanto isso vamos aproveitar um pouco mais do que a década de 40 nos proporcionou.

Hoje contarei um pouco sobre uma diva inesquecível desse período, porém preparem-se porque outras virão. Vamos conhecer um pouco mais sobre:

Rita Hayworth

Seu nome artístico verdadeiro era Margarita Carmen Cansino, nascida em Nova Iorque, 17 de outubro de 1918 e atingiu o auge na década de 1940, tornando-se um mito eterno do cinema.

De origem hispano-irlandesa, dançava na escola de seu pai desde criança, o que no futuro lhe rendeu oportunidades no cinema pelos seus dotes como dançarina. No entanto, no início de sua carreira, os produtores a escalavam apenas para papéis hispânicos.

Rita com os pais e o irmão

Curiosidade: Pensando em ampliar sua área de atuação no cinema, dizem que Rita mudou a cor dos cabelos castanhos para o tom ruivo e que passou por uma dolorosa eletrólise para aumentar a testa e acentuar o “pico de viúva” - aquela entrada do cabelo que forma um V na testa e dá um ar de coração para o rosto. Dá uma olhada.

Em 1940 sua sorte começou a mudar e passou a ser reconhecida como uma das maiores dançarinas das telas e a maior estrela romântica dos anos 40. Em meio ao sucesso veio a crise do casamento que culminou em divórcio.

Seu grande marco no cinema foi com certeza o filme Gilda, com a cena marcante, ainda que brevíssimo, do striptease de Rita e a bofetada que ela recebe de Ford, ajudaram a aumentar a enorme bilheteria do filme no mundo todo.

Depois de Gilda, nunca mais Rita conseguiu repetir esse êxito, apesar de ter continuado a trabalhar em produções de sucesso. Não é a toa que a frase "nunca houve uma mulher como Gilda", marcou sua carreira, impedindo qualquer outra personagem de ser tão lembrada como Gilda.

Rita casou-se cinco vezes e todos terminaram em divórcios. Gilda teve sua primeira filha Rebecca em seu segundo casamento e a segunda filha Yasmin, veio do terceiro casamento com o príncipe Ali Solomone Aga Khan.
 

Estilo de Rita Hayworth.

Rita Hayworth, apesar de ter originalmente os cabelos castanhos e ter se tornado loira, representa a eterna diva ruiva do cinema.

Seu cabelo ondulado foram sua marca registrada e foram referência na época e nos dias de hoje. Seu rosto é lembrado por um dos mais bonitos e perfeitos do cinema.

No seu dia-a-dia uma das marcas de Rita eram as calças, que vestia como ninguém. A foto do meio gera controvérsia, já que em alguns lugares está registrado como saia e em outros como pantalona. Deixo para você decidir.

Rita morreu na casa de sua filha, Yasmin, em Nova Iorque, aos 69 anos, vítima do mal de Alzheimer, do qual padecia desde a década de 60, mas que só foi diagnosticado em 1980.

Mais algumas curiosidades:
  • Rita Hayworth em maio de 49 casou com o principe Ally Khan, então foi Rita e não Grace Kelly, a primeira atriz de cinema a se tornar uma princesa.
  • Rita é uma das atrizes citadas na música Vogue de Madonna.
  • No filme Um lugar chamado Notting Hill, Julia Roberts, como Anna Scott menciona uma das famosas citações de Rita "Os homens apaixonavam-se por Gilda, mas acordavam comigo".

É ou não é uma grande diva que merece ser lembrada?


28 comentários:

  1. Nao conhecia a historia dela. Via muitos filmes com meu pai, mas para ser sincera, nem sabia o nome dela... que feio!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafaela,

    que delícia de post, ela realmente era uma deusa, vou querer que minha mãe veja, ela vai adorar também.

    Bejim.

    ResponderExcluir
  3. Olá Rafaela.
    Mais um excelente post sobre os anos 40. E lembrou uma fantástica artista. Não conhecia a sua história e gostei muito de ler. Depois disto fico ansiosa pelos próximos posts...
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  4. Demais a história dela. E eu fiquei encantada com a beleza dela, LINDISSIMA!
    Bjs, Thá.
    http://consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa! Vim retribuir sua carinhosa visita e me deparei com este delicioso post. Seja sempre muito bem vinda no meu cantinho.
    Tenha um ótimo restinho de semana.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Nossa, ela era uma grande atriz!!! *0*, não acredito que ela fez tudo aquilo com o cabelo para consegui um papel! (kkk), acho que também faria! (kkk)!!! enfim, adorei o post, e acho que as revistas de antigamente eram perfeitas!!! *0*

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Lindas fotos!! Ainda não conhecia a história dela.

    Fico feliz por ter gostado do selinho, não tem como não te dar o selinho também, rs. Adoro esse lindo cantinho

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Uau, bem bonitona a Rita!! Achei o estilo dela bem pin-up, como a das divas da época rsrs
    O cabelo nem se fala, adorável!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá Rafaela, que bom conhecer gente nova, adorei a visita e o comentário, já estou me acostumando com a ideia de morar numa casa pequena, dá menos trabalho né...rsrs
    Estou te seguindo adorei seu Blog!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiie Rafa é uma grande diva mesmo, sempre lembrada com Gilda, pena que seus casamentos terminaram em divórcio, mas uma grande Diva do cinema, sempre lembrada! beijinhooos Rafa!

    ResponderExcluir
  11. Rafa sim adoro Harry Potter, li todos os livros do bruxinho e adorei os filmes :) Rafa tá no cinema um filme muito bom, Hugo Cabret, é um filme ótimo para a família, assisti e adorei e tá sendo indicado para o Oscar!

    ResponderExcluir
  12. Foi salvo sim Rafa :) beijinhooos e ótima quarta feira :)

    ResponderExcluir
  13. Ela é muito diva, fotos lindas demais!
    Bjos, Gabi

    ResponderExcluir
  14. A cor do cabelo dela (ruivo) é lindo!

    ResponderExcluir
  15. Oi Rafa,
    Eu só assisti a um filme com ela, Gilda. Ela ransbordava sensualidade ao cantar e dançar no filme.
    Beijos 1000 e um ótimo meio de semana para vc.

    SORTEIO!
    http://www.gosto-disto.com/2012/02/sorteio-2-anos-do-blog-giveway-2-years.html

    ResponderExcluir
  16. Oi Rafa!

    Obrigada pela visitinha lá no blog!

    Rita é uma das atrizes mais belas de todos os tempos. E a Gilda foi um marco! Li, em algum lugar, que a atriz costumava dizer, em tom de lamento, algo nesse sentido: "os homens vão para a cama com Gilda, mas acordam comigo"... não deve ser fácil se desfazer de uma personagem tão marcante!

    Beijinhos

    Lu

    ResponderExcluir
  17. Uma Diva ela!!!

    Adorei, Rafa!

    Como pode ver... estou de voltaaa =D

    Beijos Charmosos e uma ótima quarta-feira!

    Ah! Antes que eu me esqueça... Nem precisa de uma passagem assim pra visitar o "meu" cantinho em Floripa... Vale a pena programar umas férias ;-)

    :**

    ResponderExcluir
  18. Adorei conhece-la, alem de linda é muito elegante.
    Achei ela muito glamourosa. E pelo jeito muito talentosa.
    Pra uma mulher assim deve ter sido difícil viver na década de 40.
    Muito bom seu post,

    ResponderExcluir
  19. Oi!!!

    Adoro conferir essas Divas lindas em outros tempos, a beleza parecia ser até outra...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  20. legal saber da história ela é linda!

    Seguindo
    Bjs
    www.prosademoca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Rafa! Amei seu blog e amei este post! Rita é uma diva eterna! Beijo!

    http://madamenutso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Uma diva...lindissima,glamourosa,era uma mulher linda,devia ter um péssimo gênio para se casar tantas vezes e se divorciar,mas....uma diva.
    Bjs
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  23. realmente ela era linda e talentosa!! numa epoca sem photoshop!! bj

    ResponderExcluir
  24. Obrigada por visitar e encantar o Embalaço com sua alegria neste carnaval...
    Continue sempre por lá ;)

    http://embalaco.blogspot.com
    Bjinhus...

    ResponderExcluir
  25. Oi Rafaela, estou colocando a leitura em dia.

    Sua postagem está MARAVILHOSA, sou fã da Rita, linda, uma deusa sensual, e como Gilda, nossa ... uma diva!
    Vi um documentário sobre a vida dela num canal da Sky, qd. ela começou com os sintomas a doença ainda não era conhecida.

    AMO filmes da Rita, AMO FILMES ANTIGOS.
    Pena que não reprisem mais, na minha época de criança a sessão da tarde da Globo eram filmes antigos, acredito ter assistido a quase todos, musicais então, sou apaixonada!!!
    Sugestão de matéria - sem me xingar por favor - postar sobre os grande musicais e filmes das décadas de 40, 50 e 60, atrizes como Cid Charisse, Leslie Caron, Gene Kelly, Fred Astaire e outros tantos.

    Beijos e ótimo final de semana


    Audeni

    ResponderExcluir
  26. [...] Katharine Hepburn, Ingrid Bergman, Marlene Dietrich, Ava Gardner, Rita Hayworth, Carmen [...]

    ResponderExcluir

Comentários serão respondidos em seu site ou e-mail.
Propagandas de blogs e sorteios serão excluídos.

Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Rafaela. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger