Beleza anos 50

|
 

Dois estilos de beleza feminina marcaram os anos 50, o das ingênuas chiques, encarnado por Grace Kelly e Audrey Hepburn, que era a visão da naturalidade e jovialidade e o estilo sensual e fatal, como o da atriz Marilyn Monroe, como também o das pin-ups americanas, loiras e com seios fartos.

 

Esses dois padrões marcam a beleza das mulheres dessa época, ou você estava no lado das certinhas ou das fatais. Hollywood contribuiu lançando uma nova safra de estrelas que romperam os limites da moral dos anos 40. As atrizes Gina Lollobrigida, Sophia Loren e Jayne Mansfield, são exemplos desse novo padrão.
 

Enquanto isso o Brasil/Portugal exportava sua  Carmem Miranda, "a pequena notável" que continuava fazendo sucesso nas teleonas, junto com todas as estrelas do cinema.

 

E por um curto espaço de tempo, a Argentina também teve a sua diva, na figura da primeira dama, Eva Perón.

Voltando um pouco a história...

Com o fim da escassez dos cosméticos do pós-guerra, a beleza se tornaria um tema de grande importância, a busca pela feminilidade não estava só na moda, como também na beleza. O clima era de sofisticação e era tempo de cuidar da aparência.


A maquiagem voltou a moda e valorizava principalmente o olhar, o que levou a uma infinidade de lançamentos de produtos para os olhos, um verdadeiro arsenal composto por sombras, rímel, lápis para os olhos e sobrancelhas, além do indispensável delineador.

A maquiagem realçava a intensidade dos lábios e a palidez da pele – como nos anos anteriores, que devia ser perfeita.

 

Essa era a década do auge das tintas para cabelos, que passaram a fazer parte da vida de dois milhões de mulheres – que antigamente não representavam mais de 500 - e das loções alisadoras e fixadoras – o Hair Spray começava a fazer a cabeça de milhões de jovens.

 

Empresas de cosméticos

Com a procura por produtos de beleza, grandes empresas, como a Revlon, Helena Rubinstein, Elizabeth Arden e Estée Lauder, investiram nesse mercado e gastaram muito em publicidade. Essa foi a década dos cosméticos.
 

Lançando produtos feitos a base de plantas surgiram na Europa a Biotherm, em 1952 e a Clarins, em 1954, apenas para citar alguns.

A maquiagem contava com o pó de arroz, o rímel, as bases, rouges mais leves, batons com brilho e os tons mais em voga na época eram: o vermelho Chanel, laranja flamboyant e o rosa shocking. A grande novidade era o lápis tipo crayon pra delinear os olhos, que faziam charme com acabamento puxando para as têmporas – o famoso gatinho.

 

E os penteados?

Duas fortes tendências, a dos cabelos curtinhos, com franjas e ligeiramente ondulados e a dos longos, presos em rabos de cavalo ou soltos e rebeldes, marcaram a época.
 

O louro dominava e o permanente era novidade, principalmente e um período em que os alisamentos eram sucesso. O coque era chique e usado por jovens e senhoras.

Os penteados podiam ser coques ou rabos-de-cavalo, como os de Brigitte Bardot. Os cabelos também ficaram um pouco mais curtos, com mechas caindo no rosto e as franjas davam um ar de menina.

 

A beleza masculina

Na moda masculina, a tendência são os topetes, as calças com pregas, a risca-de-giz e os sapatos com a ponta afilada.

 

Os jovens mais ousados imitam James Dean e Marlon Brando, passando a usar gibão de couro, camiseta branca e calça de brim, a qual ainda não é chamada jeans.

Conclusão

Se fosse necessário resumir a beleza desse período podemos dizer que:
  • Essa foi a época da descoberta da maquiagem,
  • Do padrão de beleza: certinha ou sensual,
  • Também podemos dizer que esse período foi marcante para a beleza masculina onde os homens e rapazes puderam escolher, entre seguir as regras ou quebrá-las usando um estilo rebelde,
  • Essa foi a era dos primeiros alisadores,
  • As sobrancelhas ganham ares cada vez mais naturais e fogem do padrão fino e em forma de arco que marcaram as décadas passadas,
  • Cabelos curto e ondulados, contra postos aos longos, presos em um rabo de cavalo,
  • E sem dúvida foi a era dos topetes e das franjas.


Atualmente...




Espero que esse post tenha colaborado com o entendimento dos antigos padrões de beleza e como eles se refletem na moda e beleza atualmente, principalmente quando julgamos essa ou aquela atriz, editorial, cantora, como sendo/usando um look cinquentinha.





Amanhã é sexta-feira, feriado nacional e dia de filme por aqui. Aguardo você!

Até breve!

4 comentários:

  1. Tudo era maravilhoso naquela época, as roupas, os penteados, tudo! Beijo!

    http://www.denimfever.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. era tudo lindo mesmo, até as belas eram mais "simplesmente bonitas"
    beijo ;*

    http://lorena-flor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Não sei porque, mas curto muito a publicidade, ilustrações e revistas dessa época. Na faculdade ficava louca quando na aula a professora falava sobre o Cruzeiro e a revista Realidade!
    Os homens eram muito elegantes assim como as mulheres, lindoss!^^
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. ahh que post incrível! To adorando esses posts como tema retrô seus!
    Mto show e cheeeio de inspiraçãoo!

    Beeeijooos

    http://www.youtube.com/blogdareh

    http://re-becah.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comentários serão respondidos em seu site ou e-mail.
Propagandas de blogs e sorteios serão excluídos.

Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Rafaela. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger