Pollyanna, livro e filme

|



Bem, a revista Capricho de agosto de 95 acabou, eu não estampei mais nenhuma revista e o mês não acabou... Então hoje a indicação é de livro!

Você já ouviu falar do jogo do contente? Seja como Pollyanna?
Eu já!

As vezes, quando falo isso as pessoas não sabem do que estou falando e eu me pergunto: como? É um clássico, uma história que não deve ser esquecida.

Então se não leu o livro, talvez fique interessado em ler e mesmo que por alguma razão não leia, a partir de agora você saberá quem é Pollyanna e o que é o jogo do contente. Vem comigo!


Pollyanna por muito tempo foi considerada sinônimo de bondade e otimismo e muitas crianças e lojas foram batizadas com esse nome na época em que o livro foi publicado, 1913. O livro conta a história de Pollyanna, uma menina que ficou órfã e foi morar com sua única tia viva, a amarga Polly.

A menina tem como filosofia o jogo do contente, mas ao invés de eu te contar, vou deixar a Pollyanna te contar o que é o tal jogo:



Enfim, Pollyanna sempre enxerga o lado bom das coisas, a alegria e otimismo transformam a vida de todos a sua volta.

Eu lembrei do livro por que esse final de semana peguei o finalzinho do filme, de 1960 baseado no livro e fui perguntar para a minha mãe onde estava o livro, por que quem leu esse livro pra mim foi a minha mãe - que tem a leve desconfiança de que não terminamos.


Isso por que no meio do livro me rebelei com a minha mãe, não conseguia compreender o jogo do contente e a alegria da Pollyanna me irritava! Não lembrávamos quando minha mãe leu, mas o mistério se resolveu depois que vimos a data na capa do livro. Eu tinha onze anos.

Se terminamos o livro eu não sei, acho que sim, mas como assisti o filme, talvez eu me lembre do final da história por causa disso. Vai saber... eu era tão rebelde. Sei que quando algo ruim acontecia e minha mãe queria que eu visse o lado bom da coisa, eu sempre repetia: não sou Pollyanna.



Depois do enorme sucesso de Pollyanna, a autora Eleanor H. Porter, escreveu a continuação, que no Brasil recebeu o nome de Pollyanna Moça, esse eu ainda não li.



Caso queira assistir o filme, no youtube tem o filme completo em português. Clique aqui. É um filme da Disney feito para toda a família assistir.



Eu trouxe o livro comigo e agora sou eu quem vai contar essa história, para a reclamona Isadora – um livro, três gerações.


Até amanhã com mais três filmes para o final de semana.




61 comentários:

  1. Rafa bom dia minha amiga!!!

    Eu tenho como inspiração um post com esse tema: Jogo do contente... não querendo decepcionar, risos! Mas, acredito que todos os sentimentos são feitos para sentir e sentir com todas as forças... Acho que cada um tem o direito de sofrer sim! Acredito que se estar com raiva, tem que gritar, chorar, espernear, descarregar! Acho doentio, quando certas pessoas fazem o jogo do contente sempre, poxa... subestimar nossos sentimentos, fingir que não sentimos pra mim é doentio mesmo! Eu acredito que devemos lançar olhares mais suave, mas simples, mais calmo ao mundo... mas se algum sentimento vim a tona, devemos senti-lo e aprender junto com ele.
    Somos feitos pra nos alegrar com pequenas coisas, mas também para chorar. Acho que a vida não tem graça se ficarmos a todo o momento, a todo o tempo fazendo o jogo do contente. Temos que aprender a não ver beleza em alguns cantos. Temos que aprender a sentir todos os sentimentos.
    Agora passar a vida reclamando, não enxergando a beleza no dia, nos pequenos acontecimentos, aí é demais!

    Vou adquiri esse livro. E quando minha pequena for maior vou ler. Pra ela tirar suas conclusões e ver que muitas coisas tem o outro lado. Porém, temos que está sempre com OLHOS ATENTOS para o sentir, para o novo.

    Apesar do meu ponto de vista, amei a dica.

    Beijinhos super carinhoso!
    Um lindo dia cheio de coisas boas.
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que a foto que você viu no face era uma que a Fernanda estava no meu braço, sem querer olhar pra câmera! Risos...
      Se for essa minha amiga, já estou fazendo o jogo do contente, pois estou me sentindo tão GORDA! ehehhe '
      O jeito é entrar na dieta, =/. Estou adiando a decisão, mas da próxima semana não passa.

      Excluir
    2. Concordo com você, acho que temos que vivenciar os vários momentos e sentimentos, mas "o jogo" é mais do reprimir os sentimentos... se tiver oportunidade de ler ou assistir o filme, me conta o que achou :)

      Excluir
    3. Rafa amanhã é o dia que elegi dos filmes e da leitura mais sossegada! Dia em que filhota passa o dia na casa da vovó paterna... então, vou procurar o filme e o livro. Acredita que aqui na minha cidade não tem uma livraria! Tem algumas pessoas que por encomenda traz o livro e nem todos que pedimos tem na lista. Então, esperar minha idas a capital pra aproveitar e trazer Pollyanna.
      Minha cidade não é o fim do mundo, risos. É bem desenvolvida, praticamente uma cidade de universitários. Mas essas questão de livraria, comecei a perceber que não temos!

      Excluir
  2. Oi Rafa,

    que delícia de lembranças, eu também li os dois:Pollyanna e Pollyanna Moça.
    Não sabia que tem o filme, não vou ver agora mas pode ter certeza que o farei. Jogo o contente em minha vida sem perceber,porque sempre procuro o lado divertido e alegre das coisas. Pode ser influência de Pollyanna. Conheço uma moça com esse nome,quando a vejo fico toda feliz por causa do livro,não por causa dela que tem a cara sempre fechada.

    Bejim.

    ResponderExcluir
  3. Olá Rafaela.
    Fiquei muito curiosa de ler o livro. deve ser lindo e fazer o jogo do contente na nossa vida, deve ser um desafio mas muito positivo.
    Beijinhos grandes

    ResponderExcluir
  4. Menina eu não conhecia esse livro e nem tinha ouvido falar, agora fiquei curiosa.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Rafa! Bom dia! Todos falam muuito sobre o livro, mas eu ainda não li... sei que é uma vergonha, pois é um livro que já existe à muito tempo, mas com esse post. fiquei suuper curiosa para ler!

    Obrigada pela dica!

    tenha uma ótima quinta!

    Beeijos, Linda! =)

    Cáhh Chaves.

    ResponderExcluir
  6. Não li nenhum ;(((
    beijos, e ótima quinta feira
    Renata

    ResponderExcluir
  7. Nossa, se eu disser q nunca tinha ouvido falar é mto vergonhoso!? O.o como assim, livro antigo, ja com filme e eu aqui, super alienada!? Eitaa! otima dica!
    Bjao

    LOOK DA SEMANA
    http://www.chadeglamour.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Menina, eu nunca ouvi falar desse livro rs' vergonhoso pra mim, professora de literatura né? kkk'
    Excelente quinta!
    Beijinhos ;*

    http://www.bycarolinaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Me senti uma burra e uma desinformada por nunca ter lido, haha! Mas gostei mesmo dele!
    Bjs, Thá.
    http://consumisse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não li o livro, mas se eu não me engano eu cheguei a ver o filme, eu to com uma memória ultimamente que só Deus...

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu vi o filme!!! É uma história e tanto!!! Nem me lembrava mais dela..talvez porque eu também não consiga ver o lado bom das coisas quando elas não estão tão boas assim...lembrarei de ler essa história pro meu Dan!! Quando ele já puder captar a mensagem!! Beijossss

    ResponderExcluir
  12. Rafella,
    cresci ouvindo minha mãe lamentando porque até hoje não lemos o livro Pollyanna.
    Segundo ela foi o livro da sua infância.

    Eu gosto muito dos livros do Harry Potter. Sempre quando comento que quero que meus filhos leiam ela diz: "Queria que minhas filhas tivessem lido Pollyanna".

    Não sabia da existência do filme e tenho certeza que ela não. Vamos assistir juntar e acabar vez com essa história de eu não conhecer a Pollyanna.

    Obrigada por compartilhar!!! :)

    Na postagem de hoje a sua participação foi fundamental.
    Depois passa lá para você conferir!

    Beijinhos :**
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  13. Bom dia querida!
    Amei saber mais sobre esse clássico, não conhecia Pollyana!
    é um exemplo de sabedoria ser como ela e ver todas as coisas através de sua esfera boa! <3

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Rafa.. adoro suas resenhas!

    Mas eu sou tão chata para ler.. chata por que não gosto!
    Mas amei o jogo do cotonete.. =)
    Acho que é uma lição de vida!

    Um beijo!
    CS

    http://blogcarensales.com.br/
    @blogcarensales

    ResponderExcluir
  15. adorei o post, muito legal, preciso começar a ler mais..
    Amei seu blog, ta lindo
    http://fashionglamix.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Já ouvi falar muito no livro, inclusive minha mãe já leu, mas eu não, fiquei curiosa também com o filme. Ótima indicação. Beijinhos

    @JiseleCordeiro

    http://universodeumcloset.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Rafa... no mundo moderno de hoje em dia é complicado ver o lado bom de certas coisas que acontecem. Mas acredito que encarando a vida dessa forma, como Pollyana, a vida ficaria bem mais leve! bjo

    ResponderExcluir
  18. ahhhh, eu sei que sou Pollyanna... e sabe que isso, às vezes, irrita as pessoas?!
    mas eu prefiro ser assim... e eu a conheci na adolescência... li os livros mas não vi o filme...
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  19. Eu não conhecia acredita?! Mas preciso levar a vida como ela hahahaha acho que seria mais tranquilo. Bjooooooo!

    ResponderExcluir
  20. eu já li o livro, a mensagem é muitoo boa né?!
    nunca vi o filme!
    beijooos!

    ResponderExcluir
  21. Pollyana moça é mesmo um clássico, muita gente deveria ler!
    Adoro!

    Beijo!
    www.oh-myfashionblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Não li o livro, aliás, não tive o hábito da leitura quando criança :( mas quero incentivar minhas filhas, essa é uma boa dica. Tá ficando craque no song pop né?!!! bjs.

    ResponderExcluir
  23. Amo o livro Poliana e ja vi um pedacinho do filme tbm

    bjos

    www.jessicarcoelho.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Rafa,
    Eu tó curiosa para ler este livro, não conheço, e até sei para quem darei de presente!!
    Adorei a dica de leitura
    Beijos
    Tati
    www.romantiquinha.com.br

    ResponderExcluir
  25. Rafa!!
    QUe delicia recordar a Polly (como eu a chama na infância. Não sabia do filme. Vou assistir com certeza.
    Beijos
    Andrea

    ResponderExcluir
  26. Olá minha querida Rafa! Nossa, depois dessa sua indicação me deu uma super curiosidade de ler o livro e ver o filme! Na próxima oportunidade que tiver, vou correndo procurar para comprar!
    Mil beijos, saúde e sucesso sempre.
    laylafonseca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. não conhecia essa obra, parece ser daqueles filmes super divertidos pra assistir na sessão da tarde :3
    beijo!

    http://jemappellepriscilla.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  28. Não conhecia nenhum dos filmes, mas fiquei interessada em ler o livro e ver o filme!!!

    Beijos
    Mulher Antenadíssimas

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia em o livro, nem o filme, achei bem interessante, agora preciso ver onde encontro, hahahaah

    http://rendasdecetim.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  30. Oi Rafaela, eu também sou uma das que não conheciam nem o livro e nem o filme, agora fiquei mega curiosa.
    bjusss

    ResponderExcluir
  31. Oi Rafa,
    Eu li Pollyanna qdo era criança e há pouco tempo assisti ao filme. Eu não me lembrava que a estória era tão triste! Chorei como uma condenada"
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  32. Eu não conhecia esse livro acredita? Quero ver o filme!
    Boa quinta-feira!
    Fica com Deus!
    Beijo!

    http://nannacunha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. ain, quero todos esses livros *-* adorei cada um deles.
    parabéns pelo blog.
    beijos.
    - eighteensoon.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  34. Esse realmente é um clássico do otimismo. Estava lendo um livro recentemente que citava ela...agora só não lembro qual foi! kkkk Nunca li e não sabia que tinha continuação e achei isso legal. Achei engraçado a história da sua mãe com você e o livro!^^ Bom final de semana.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  35. O fato é que fazendo o 'jogo do contente' a gente é que sai ganhando, evitando amolações maiores.
    Belo post!
    Beijo!

    http://tengavolantes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. Nossa eu me lembro dessa capa nas nunca li... Agora sei o que era o lance... Cris

    ResponderExcluir
  37. Oi Rafaela ;)
    Eu não conhecia essa obra,gostei do trecho agora que li.Ela sem dúvida inspira com essa apologia de vida.bjs

    ResponderExcluir
  38. passei pra fazer uma visita,adorei o blog

    ResponderExcluir
  39. direfença na casa né, também nem termino de ler o livro e sei por causa do filme, kkkkkk !
    ave maria aqui em cas tem um monte de revista da capricho de 2003, tanta coisa antiga,rs mgina de 95
    Tem sorteio lá ! Beeijos ;*
    itsblond(.blogspot)

    ResponderExcluir
  40. Não conhecia, fiquei com vontade de ler, vou lá correndo assistir o filme,
    beijinhos Rafa !!

    http://www.descontraidas.com

    ResponderExcluir
  41. Nossa, Rafa!
    Esse post veio em um ótimo momento, pois foi por reler o porque minha mãe escolheu esse nome e o porque eu falava tanto desse jogo. Tenho os dois livros e quando pequena queria ser como a Pollyanna do livro ;) Loirinha e de olhos claros já sou né hahahaha (me achei). Vou mostrar pra minha mãe e vou olhar o filme, novamente, no final de semana, pois já faz muito tempo.

    Beijo Charmoso :*

    ResponderExcluir
  42. Gente, nunca ouvi falar.. olha que horror hahahah =/

    ResponderExcluir
  43. Li o livro e amei, muito fofo, acho que todo mundo tem que ler!
    O filme eu não assisti mas agora fiquei morrendo de vontade!
    Bjãooooooooooo
    FER

    ResponderExcluir
  44. Ai que fofa... Acho que sempre devemos ver o lado bom nas coisas e nas pessoas, Pollyanna é uma inspiração para todos.
    Gostei das dicas, não conhecia a personagem.
    Beijos Rafaela.

    famaandmoda.com

    ResponderExcluir
  45. Nossa, que bacana! (:
    Nunca tinha escutado falar sobre esse livro/filme
    Mas adorei a indicação amore!

    Beijos
    @diariodelooks

    ResponderExcluir
  46. Rafa, o filme eu não assisti, mas li os livros. A ideia é super bacana e devemos realmente trazer pra nossa vida, mas a Pollyana chega a ser chata as vezes e era tão positiva que eu queria matá-la ahhahahahahhaa

    Beijão!
    Nathália
    Fashion Jacket

    ResponderExcluir
  47. Nunca tinha escutado falar, mas adorei a dica.

    Beijos, Jay.
    Twitter: @jairlanyo
    Instagram: @jairlanyoliveira
    http://www.jairlanyoliveira.com/

    ResponderExcluir
  48. Ah, eu assisti esse filme há pouco tempo também, nem sabia que era baseado em um livro. Vou procurar.
    Bjo

    ResponderExcluir
  49. Já li demais e é lindo, nem sabia que tinha filme! rs
    Beijos gatona! =*

    O sorteio de um par de lentes coloridas com ou sem grau foi prorrogado, aproveita e tenha mais chances de participar! ;] Participa!? ;]

    Me visita: BLOG || Fanpage

    ResponderExcluir
  50. Oi, Rafa eu já assisti esse filme várias vezes na minha infância e adorava e já li o livro numa coleção que eu tinha da disney vou ver se a minha mãe ainda tem pra eu contar pro Daniel.

    Bjssssssssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

    ResponderExcluir
  51. Amoooo este livro, acho a história simples e por isso mesmo surpreendente. Bjsss

    ResponderExcluir
  52. Rafa, gostaria muito de ter a coleção da pollyanna, você sabe onde posso comprar a coleção toda? são quantos livros sobre a história dela?

    Vãnia

    ResponderExcluir
  53. Rafa, gostaria de comprar a coleção do livro da pollyanna, você sabe onde eu possa encontrar? quantos exemplares são?

    Obrigada,
    vãnia

    ResponderExcluir
  54. Oi Vãnia, não consegui encontrar o seu e-mail para enviar a resposta, por isso respondo aqui e torço para que volte para ler minha resposta.
    Esse livro como é antigo e um clássico da literatura, você deve encontrar nas grandes livrarias e também é vendido pela internet, de onde você é?

    Me mande um e-mail: rafaela.bicheski@gmail.com

    Bjs

    ResponderExcluir
  55. Um filme mais que bonito, vale muito a pena assistir, pena que nos tempos de hoje não exista filmes tam puros como esse, assisti umas 4 vezes, tenho 47 anos.
    Reinaldo Lima

    ResponderExcluir
  56. Rafaela, amo este livro e ainda não assisti ao filme e com a tua dica poderei assisti-lo agora.
    Posso dizer que o livro Pollyana é um dos meus grandes preferidos Simplesmente amo. Bjss

    ResponderExcluir
  57. Rafaela, descobri seu blog hoje e estou amando! Parabéns!
    Quando a Pollyanna, li os dois na adolescência, várias vezes (rsrs). Inclusive "Pollyanna Moça" é o meu preferido. Sempre que conheço alguém recomendo.

    ResponderExcluir

Comentários serão respondidos em seu site ou e-mail.
Propagandas de blogs e sorteios serão excluídos.

Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Rafaela. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger