Revista Capricho - janeiro 1996

|

E damos um salto no tempo. A última edição que postei foi de dezembro de 1994.

Lembrando que você pode acessar todo o ano de 94 e 95 nos arquivos do blog.

Gostaria de poder reeditar as postagens antigas (tenho achado algumas tão feias, toscas e vazias de informações) mas se eu for mexer nisso, é aí que não posto nada de novo, rs. Então me desculpe o auê...

Agora vou postar todas as edições que tenho do ano de 1996 e algumas de 1997. Não tenho todas as edições desses anos por que a partir do mês de abril de 96 a revista foi repaginada e eu não gostei, você verá conforme eu for postando.

Agora vamos curtir a antepenúltima Capricho neste formato.





Garota da capa dispensa apresentações, não é?




Durante o tempo em que fui assinante me recordo de participar apenas duas vezes de promoções. A primeira foi essa. 

Enviei duas fotos minhas, uma de corpo e outra de rosto e como vocês devem lembrar, fui uma VJ de grande sucesso na década de noventa, apresentava o top top e fui muito famosa graças a revista Capricho ter me selecionado – só que não! Kkk.

Aí está a vencedora. Só para constar, não fui chamada para um teste de vídeo ou entrevista, fui lindamente ignorada, rs.





Mais um questionário nunca enviado, mas que deixou registrado para a posteridade da humanidade o meu perfil quando adolescente.

O engraçado é ler que com 50kg eu me achava gorda, ahahahahahah. O que a Rafaela daquela época diria se eu contasse meu peso atual?





Falar o que do colírio, hã?





Apesar de fazer brincadeiras com as dicas do “certo e errado” a revista também fazia um serviço para suas jovens leitoras que estavam começando a definir o seu estilo e escolher suas roupas.





Música tinha um espaço tão pequeno dentro da revista, que não é de se estranhar que muitos assinantes tivessem também a revista Bizz, para acompanhar mais de perto o que acontecia com seus artistas preferidos.

Saudades dos Mamonas?





Georgiana Goés representava a minha personagem favorita no seriado Confissões de Adolescentes.

Adorei quando ela apareceu naquele comercial das Havaianas, lembram? Se já me identificava com ela antigamente agora então...

Nessa foto em que estou com a linda da Débora Nascimento, não sei se ela está com o maior sapato de salto que ela tem, mas eu estava, kkk.




Mocinhos, nem tão mocinhos...






Como eu sou antiga!!!

Não, mentira, sou vintage mesmo, kkkk.

Nem consigo, ou quero me lembrar de quando eu era adolescente... e o sonho era um computador com uma placa fax/modem para poder fazer conexão discada com uma internet mega, ultra, máster, blaster, lenta, ahahahaha.

E só depois das 22 horas, quando o pulso era mais barato, é claro.





A referência entre as meninas era Alicia, com sua patricinha de Beverly Hills e com seus dois clipes do Aerosmith. Como não lembrar de Crazy e Cryin'?

Amava tanto as músicas como os clipes que passavam incansavelmente na MTV.



A propósito, adoraria que Alicia tivesse ficado com o papel, mas parece que desde aquela época, Leonardo DiCaprio já fazia exigências sobre suas parceiras nas telonas.




Naquela época os “bombados” como diz meu marido, não estavam na moda. Atualmente até em seriados de época encontramos atores trabalhados no músculo, mas naquela época as referências eram outras. Olha só:



Eu ia dizer que o único que fazia a minha cabeça naquela época era o Van Damme, mas tinha também o Bruce querido Willis. Adoro vocês gatos, mas atualmente tenho preferido algo assim... Kkk.


Se eu não sobreviver após esse post, você já sabe a razão, ahahahaha.
Mas eu só digo uma coisa, valeu a pena, ê ê.... Valeu a pena, ê ê!
Hahahahaha.




Agora falando sério e voltando ao passado, o editorial era sobre... 
Tira a calça jeans, põe o fio dental, morena você é tão sensual.... Ahahahah. 

Então resolvi avacalhar de vez, mas veja querida amiga leitora, essa música fez parte dessa década, então não estou tão pirada assim, rs.

Ok. Veja como as calças eram leandas e sinta inveja de não ter vivido nessa época – Kkkk.







Gente nem vou falar do carinha dessa última foto... deixo para você tirar suas próprias conclusões, ahahahaha.




Naquela época, naquele verão os shorts jeans também faziam parte do figurino da temporada, vejamos se você resgataria algum desses para usar atualmente.









Era assim que sabíamos o que acontecia no mundo da moda, das modelos, marcas e estilistas. Sem internet as informações vinham assim pequenininhas, pequetititas.





Aqui o que era de mais cool na época, olha só... até um walkman resistente à água! Quem lembra? Eu tive um normal mesmo, esses da Capricho eram sofisticados de mais para mim, kkkk.




Lembram dessa turminha? Depois do seriado Confissões de Adolescente, Barrados no baile era o meu favorito também!

E tudo isso em fita VHS, alguém lembra? Diga que sim por favor!!!





No ano passado rimos muito dos sapatos feios dos anos de 94 e 95. Será que em 1996 eles ficaram mais bonitos?

Você confere!







Espero que tenha gostado de folhear mais essa revista comigo. Eu particularmente adoro compartilhar e rever o que passou.

Já tenho as fotos da edição de fevereiro prontinhas, basta só um tempo para eu poder editar e colocar aqui.


Obrigada a todos que passam por aqui e acompanham o blog mesmo desatualizado e principalmente as mensagens que recebo de incentivo para não desistir. Vocês fazem a diferença em minha vida! Obrigada de coração <3.




Um ótimo mês de setembro para você e até breve.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Rafaela. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger